14 de março de 2019

♥ Arepas c/ Ovos Mexidos à Moda da Minha Mamã - Desafio Dia da Mulher - Em Homenagem à Minha Mãe ♥

Bom dia amigos do meu 

Tudo bem com vocês? Espero bem que sim J

Quem me segue, sabe que faço parte do grupo Cantinho das Cozinheiras, em que todos os dias 25 de cada mês, temos que fazer uma receita do blog que é sorteado. Para os mais distraídos, que não conhecem o grupo, estão sempre a tempo de entrar e participar nestes desafios,....

Sim, eu sei, que hoje, não é dia 25, no entanto a Telma, a nossa querida administradora, colocou mais um desafio no grupo e eu não poderia recusar 
J

Como a Telma mencionou, no grupo: "este mês de Março vamos homenagear a mulher que admiramos, a nossa mãe, tia, avó, bisavó,....a mulher que vamos amar para toda a vida. Este mês é dedicado a elas. Por isso, vamos ao fundo do baú tirar essas receitas maravilhosas, que as nossas mães e avós guardavam nos caderninhos escritos à mão."

Por isso, este desafio, é fazer as receitas delas e partilhar no grupo e nos nossos cantinhos!!

...


Ao contrário da maioria dos bloggers, nunca tive queda para a cozinha e nem gostava de cozinha. Lembro-me quando era mais nova, que poucas eram as vezes, que andava na cozinha a ajudar a minha mãe. Embora, ela por vezes, dizia-me, para ficar perto dela, para eu aprender e ia-me dizendo e explicando como fazia as coisas. A minha mãe bem tentava, que eu tivesse gosto para cozinhar, mas naquela altura, não era “bem a minha onda”.
Como a minha mãe trabalhava em casa, sempre que eu chegava da escola e mais tarde, até do trabalho, a comida estava sempre pronta. Tanto que era só lavar as mãos, sentar e comer. Daí o interesse para cozinhar, também não ser muito.
Quando casei, aí houve “mesmo necessidade” de ser eu a fazer as coisas e se queríamos comer, alguém tinha que cozinhar obviamente.
Lembro-me que a primeira vez que fiz sopa: coloquei um bocadinho numa panela e fui a casa da minha mãe, toquei à campainha, coloquei em cima do tapete de entrada e fiquei escondida, para ver a reacção dela. Pegou na panela, tirou a tampa e “cheira tão bem”, diz ela,….e eu saí, donde estava escondida e disse, “fiz sopa mamã”,…..lembro-me tão bem,…

Assim que, vi o desafio da Telma, tratei logo de pensar naquela comida, da minha mamã, fez e faz como ninguém,...tinha tantas receitas para partilhar, que acho que este post ficaria longo demais.

Como quase todas as mães, a minha mãe, tem umas mãos de fada e cozinha lindamente! Aos Domingos quase sempre era assado! Nós morávamos no campo, a carne era criada pelos meus pais e tínhamos sempre galos, coelhos, patos e vários legumes para comermos. Adorava quando a minha mãe fazia o arroz de cabidela, a canja, o pato no forno, arroz de frango,……tantas recordações boas que tenho na memória,…..
Ainda hoje sinto uma certa nostalgia, pois agora temos tudo disponível em supermercados, que nem dá-mos conta, como as coisas são até chegar até nós,….

Bem, mas não trago a receita do arroz de cabidela, que a minha mãe faz como ninguém. Trago algo bem diferente, que nada tem a ver e que muitas pessoas começam a falar.

Não é novidade nenhuma que sou Venezuela! Os meus pais estavam na Venezuela, quando se conheceram, mais tarde casaram e depois eu nasci, em Caracas, mais concretamente. Embora haja, muitas comidas da Venezuela, que comemos, hoje em dia, uma das coisas que mais gosto e lembro-me de comer tantas vezes em pequena, são as famosas AREPAS,…..sim arepas, que são, tipo um pão achatado e redondo, feito de farinha de milho pré-cozido, no qual se junta apenas água e sal. 





Venezuelano que é Venezuelano gosta das arepas fritas e com carne “mexada” (carne estufada desfiada), ou ovos mexidos. Hoje em dia, cada um coloca o que quer e hoje em dia, até já temos à nossa disposição, muitas casas, que servem, com tudo e mais alguma coisa.

Mas vamos lá à receita, porque o post, já vai muito longo 😉

Ingredientes:

2 Malgas de Farinha para Arepas 
2 Malgas de Água Quente
1 Colher de Chã de Sal
Queijo, Fiambre, Ovos Mexidos, Carne, para rechear!

Preparação:

Colocar uma caneca de água com 1 colher de sal no micro-ondas para aquecer uns 2 minutos, não é necessário ferver.
De seguida colocar numa bacia a água e a farinha. Com as mãos, ir mexendo até obter a massa sem colar às mãos. Depois numa sertã/frigideira, colocar um bocadinho de óleo e levar ao fogão. Assim que estiver quente, fritar as arepas, até ficarem douradinhas, em ambas as partes. rechear a gosto, ovos mexidos, queijo, fiambre, manteiga ou carne mexada.

* Passo-a-passo *

Fazer bolinhas e espalmar. 
Podem fazer bolinhas mais pequenas, ou maiores e a arepa mais grossinha. 
Eu como fiz na Terça e era dia de semana, fiz algumas pequenas e outras maiores, como vos amostro em infra, na foto!!


Numa frigideira/sertã, fritar (eu fiz na FussionCook), até ficar douradinhas dos dois lados.


Colocar num prato, por cima de papel absorvente, para retirar o excesso de óleo,...


Desta vez, apenas fiz com ovos mexidos, apenas com sal,...mas normalmente eu faço com ovos mexidos e bocadinhos de queijo e fiambre e/ou também se tivermos bifinhos ou outra carne podemos fazer um refogado, colocar temperos a gosto e colocar a carne a "estufar" um pouquinho. Chama-se carne "mechada" !!


           Depois é só cortar ao meio (tipo uma sande) e rechear a gosto.


Esta foi a embalagem de Farinha para Arepas, que usei (há no Intermaché, no Jumbo, há no Froys e no Continente, mas há, às vezes). Eu desta vez, apenas encontrei numa padaria, aqui próximo do meu local de trabalho, em que os donos são Venezuelanos,...


Até ao próximo desafio,...





Espero que tenham gostado,...

Beijinhos e continuação de uma boa semana,

Agora também me podem seguir no instagram!


Façam o like na minha página, ficarei muito feliz e queria muito ter os vossos likes  


15 comentários:

O Pecado Da Gula Blog disse...

Bom dia querida Mary,

As comidas da mãe são sempre boas e algumas que nos ficam mais na lembrança que outras. Eu gosto muito de arepas, e as tuas fizeram crescer água na boca. Estão com um aspecto delicioso!
Tenho que comprar a farinha quando for de novo a Portugal. Beijinhos

www.opecadodagula.com

mysupersweettwenty disse...

Gosto muito de arepas :)) Tenho de fazer, já não como há imenso tempo!

O Pecado Mora Em Casa disse...

Adoro!! Fizemos uma vez cá em casa e adoramos!!
Beijinhos.
http://www.opecadomoraemcasa.pt/

Larissa Santos disse...

Nunca comi, mas parece-me bom :))

Hoje:- Brincando com as Palavras.

Bjos
Votos de uma óptima Quinta - Feira.

A Pequenina disse...

Adoro arepas, eu não sou venezualana mas tenho alguns amigos venezualanos e eles customam fazer muito

Beijinhos

Inês disse...

Já tinha saudades de ver essas tuas belas e deliciosas arepas! :) Beijinhos
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

La Cocina de Adita disse...

Te han quedado con una pinta muy buena, seguro que desaparecieron de la mesa rapido¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡ besos

Carla Ramalho disse...

Que giro, eu também não era nada apreciadora de cozinha mas se a ti chegou a vontade ao casares-te comigo foi com a criação do blog (para os salgados) e um pouco antes para os doces. Quanto às arepas, gosto bastante e acho que vou voltar a fazer este fim-de-semana, inspiraste-me :)
Diz-me só uma coisa, já experimentaste na airfryer? Eu estou a evitar os fritos e geralmente para as arepas costumo apenas untar a frigideira mas estava curiosa com a airfryer ;)

Isa Sá disse...

Nunca comi, mas vou tomar nota!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Isa Sá disse...

Nunca comi, mas vou tomar nota!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Andréa Santana disse...

Olá, querida Mary!
Que homenagem linda, com certeza a sua mãe ficou muito feliz!
Levo a tua sugestão, fiquei com vontade, parabéns!

Beijinhos ♥

conceicao disse...

É tãoa bome muito rápido.
Fiz esta semana.
Bj

Prata da casa disse...

Uma receita bem diferente e que não conhecia. Parecem muito boas.
Bjn
Márcia

A Paixão da Isa disse...

Ja comi mas nunca fiz gostei das tuas bjs

Cristina Costa Amaral a.k.a Romã disse...

Nunca provei mas parecem uma delícia esta arepas.
Obrigada pelas tuas visitas ao meu cantinho :)
Beijinhos
Romã :*