10 de agosto de 2020

O Regresso do Blog "O Meu Refúgio Culinário"! está para breve,...

 E após 4 meses em casa, em layoff, na segunda-feira passada regressarei ao trabalho.

A rotina diária volta à normalidade!

Tinha medo em voltar, receio em regressar ao trabalho, mas tenho que ter forças e pedir a Deus que me ajude.

Estes 4 meses em casa, fizeram-me pensar, que nada é mais importante que a nossa felicidade e principalmente a nossa saúde.

Tive a oportunidade, para descansar, colocar o sono em dia, fazer aquelas organizações que estavam à espera da minha força de vontade, fazer aquelas limpezas que tinham mesmo que ser e depois disto tudo, fui abaixo.........não tinha vontade para fazer nada, sem vontade de me arranjar, só me apetecia desaparecer e sair pelo mundo fora e sem destino.......

...poucos foram os que me ligaram a perguntar como estava.


Sei quem teve a preocupação de saber como estava, mas também vi quem realmente não esteve lá para mim.


Família, amigos e colegas, vemos quando é preciso que não estão lá......afinal só podemos contar connosco mesmo, para nos erguermos!

Peço a Deus que me dê forças e tenho que ter fê, que este regresso à normalidade seja calma e descontraída.

Em breve, também regressarei, aqui ao meu blog e às minhas redes sociais. Meu Deus, até do meu blog, tive que me desligar....às vezes a paragem é precisa, para poder reflectir e pensar que rumo tomar.

Hoje sinto-me triste, cansada e ansiosa!

O que será que o destino me preparou?



 Espero que continuem por aqui e sigam-me, também nas redes sociais!


Beijinhos,.....

E vamos lá, aumentar o nº de seguidores no instagram!


Façam o like na minha página, ficarei muito feliz e queria muito ter os vossos likes  

4 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Volte assim que possível
.
Abraço poético

São Ribeiro disse...

Por vezes também me sinto assim sem vontade de fazer nada e desaparecer , acho que são fases que passamos.
Até já e força.

Inês disse...

Que chato isso Mary! :( Espero que aos poucos consigas ganhar forças. Se precisares de alguma coisa diz. Beijinhos e força.
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

Assunção disse...

Só agora li isto... Mary, não fiques a pensar que as pessoas te voltaram costas ou se esqueceram de ti. Tudo isto foi tão repentino e brutal que creio que a maioria ficou sem saber bem como reagir e quase todas muito centradas no seu núcleo familiar, não por egoísmo ou falta de interesse, mas por um muito básico instinto de proteção de si e de quem está mais próximo. Aos poucos voltaremos à normalidade de sentimentos e de reações, embora ache que a social estará condicionada por tempo indeterminado.
Tem calma, respira fundo, aprende a olhar em redor de outra forma.
Um abraço grande, mesmo virtual, mas cheio de carinho!

São