8 de janeiro de 2013

O Natal Cá de Casa - 2012,....

Boa tarde a todos aqueles que me visitam!

Depois de inúmeras tentativas, para colocar fotos aqui no blog, desesperei totalmente.
No post anterior mesmo desesperada, pedi para me ajudarem.

Fiquei mais descansada, sabendo que era um problema do blogger e não do meu PC. Várias meninas também tinham o mesmo problema e de certa forma fiquei mais aliviada. Até que por sugestão de algumas meninas, diziam para me registrar no photobucket, descarregar a foto e colocar o link no blog. Caramba, se sempre que fizer um post terei que passar as fotos para lá e posteriormente para aqui, vou dar em doida. Até resolverem o problema que assim seja,....

Registei-me aqui, já há alguns anos, devido ao forum bimby4all, mas sinceramente era muito mais fácil, descarregar as fotos directamente para aqui.

Enfim, lá consegui,...mas fico velha,......

Pois bem, aqui " O Meu Refúgio Culinário!", começa a entrar no ritmo e agora começam mais posts por semana. Desde a paragem que tive aqui no blog, apenas colocava um post por semana (não sei se tinham reparado ou não?), agora aos poucos e poucos, começarei a colocar mais posts por semana.

Estejam atentos, pois tenho muitas receitas para colocar de experiências que fiz e que foram provadas e aprovadas.

Bem, depois desta "introdução", venho partilhar com vocês o Natal passado em casa dos meus pais.


Devido a esta maldita crise, muita coisa se altera. Para comer, faz-se praticamente as mesmas coisas, mas em menos quantidade e as prendas, essas só mesmo para os mais novos.

É triste, dizer isto, mas o Natal começa a ser muito supérfulo para mim e dá-se muito valor a coisas menos importantes nesta época. Uma das coisas que me irrita profundamente é durante o ano ninguém ligar aos pobrezinhos, aos doentes, aos solitários, às crianças, aos idosos, enfim,.......e no Natal, faz-se campanhas e lembram-se de tudo e de todos, PURA HIPOCRISIA,.......FALSIDADE de muitas pessoas, que deviam ter a consciência, DE QUE TODOS OS DIAS, DEVIAMOS AJUDAR O PRÓXIMO e isso, não acontece na realidade. Desculpem o desabafo,.....

Venham daí, as fotos de tudo o que eu e a minha mãe fazemos, nesta época natalícia!!


Rabanadas


Ingredientes:
 
2 Cacetes (aqui no Porto chamam-se cacetes, é um pão grande, duro e mais apropriado para fazer as rabanadas)
Leite
3 Ovos (depende da quantidade de rabanadas a fazer)

Preparação:

Cortar na vertical os cacetes. Passar por leite morno, dos dois lados.
Deixar escorrer o leite.
Passar as rabanadas por ovo e fritar até ficarem douradinhas dos dois lados.
No final, colocar em cima de um guardanapo para escorrer o óleo e passar por canela (canela e açúcar previamente misturado).

Para o Molho

Ingredientes:

Água (meia caneca +/-)
2 Cálices de Vinho do Porto
2 Colheres de Sopa de Mel
2 Colheres de Sopa de açúcar
1 Casca de Limão
1 Pau de Canela
Uvas passas (pode substituir-se por pinhões ou sultanas)

Num tachinho colocar todos os ingredientes e deixar ferver bem ( para dar um sabor mais apurado).
Colocar depois este molho fervido, por cima das rabanadas.


Sonhos




Ingredientes:

600g de Farinha Branca de Neve (Rótulo Vermelho / Super Fina)
1/2 Litro de Leite
125g de manteiga
Casca de Limão
2 Colheres de Sopa de Açúcar
1 pau de Canela
6 a 8 ovos
1 Pitada de Sal

Colocar num tacho, o leite, casca de limão, açúcar, pau de canela e 1 pitada de sal.
Quando levantar fervura, colocar a farinha e mexer com uma colher de pau.
Tirar o tacho do lume e deixar esfriar.
Quando estiver a massa fria, com a batedeira ( com os ganchos em espiral),bater bem e ir colocando os ovos um a um. Bater sempre, sem parar até acabar de colocar os ovos. O segredo da massa é a própria massa fazer barulho, isto é, fazer bolhas e arrebentar e dar um som (bruac...).
Colocar bocadinhos de massa a fritar em óleo bem quente, mas ir picando com um palito para rebentar e não salpicar.
Passar por canela (canela e açúcar previamente misturados).
Et voilá,...

Pão-de-Ló


Ingredientes:

12 ovos (de preferência caseiros)
330g de açúcar
230g de farinha (de preferência branca de neve, mas pode ser outra )
1 pitada de sal

Numa bacia colocar 6 ovos inteiros + 6 gemas (as claras congelei) e 1pitada de sal(pouco e sem exageros) e o açúcar.
Bater com a batedeira 30 minutos (aqui está o segredo, tem que ser mesmo com a batedeira, em movimentos circulares e sem parar e tem que ser mesmo este tempo).
De seguida colocar a farinha peneirada e envolver a farinha com a colher de pau.
Colocar na forma de barro e levar ao forno a 180º até 40 / 50 minutos. Ir levantando a tampa e espetar o palito depois dos 40 minutos para ver se está pronto!!


Bolinhos de Abóbora - Bolinhos de Bolina



Pão de Sementes - Farinha da Nacional 




Aletria




Ingredientes:

1/2 Litro de Leite
1/2 Litro de Água
8 Colheres de Açúcar
1 Pitada de Sal
Casca de limão
1 Pau de Canela
2 Gemas
300g de Aletria (desfeita, isto é, partida aos bocadinhos)

Preparação:

Juntar todos os ingredientes num tacho, quando começar a ferver juntar a aletria.
Mexer de vez em quando para não torrar.
Numa malga pequena, colocar as gemas e um bocadinho de água e mexer bem.
Retirar o tacho do lume e colocar as gemas, mexendo sempre para não ganhar grumos.
Vai novamente ao lume até levantar fervura. E pronto!!!!
Simples, não é??
E tb muito bom,lol....

Frutos secos






Bolo de Laranja feito pela sogra




Como manda a tradição, aqui em casa, o Natal só é Natal, se à mesa tivermos a batata cozida, as couves e o bacalhau na consoada ( 24.Dezembro) e no dia de Natal, mesmo (25.Dezembro) com o que sobra faz-se o farrapo velho e assa-se o cabrito, acompanhado pelas batatas assadas e arroz branco.


Sempre foi assim e se Deus quizer sempre será assim. O Natal desta forma, tem sempre aquele encanto especial, que tanto nos agrada.




Aqui, já pronto a comer!



Bem, espero que tenham gostado, pois eu estou exausta. Este post demorei a fazer desde este fim-de-semana passado,....

Beijinhos a todos!!

14 comentários:

Elsa disse...

Pode ter dado trabalho colocar as fotos mas valeu a pena, para ver todas estas maravilhas, só coisinhas das quais eu gosto muito.
O teu desabafo tem toda a razão de ser, a fome e outras necessidades não surgem só na época de Natal, infelizmente e um fenómeno diário.
Beijocas

Raquel Alabaça disse...

Eu também estou com o mesmo problema no blogger, como uso o Picasa para trabalhar as fotos, agora é só ir buscar as fotos lá, em vez de carregar pelo PC.
Mas isto deve passar.

SUSPIRO disse...

Olá querida!!!!!
Bom Ano para ti e para os teus. :)
Bem tens razão quando dizes que apenas no Natal se lembram de ajudar quem mais precisa quando afinal SE DEVIA AJUDAR TODOS OS DIAS.
Bjocas

A Paixão da Isa disse...

o post esta mt bonito as fotos sao mt bonitas parabens as duas bjs e coraguem

Prata da casa disse...

Olá Mary: tantas receitas deliciosas. Desde as rabanadas aos sonhos... que maravilhas!!!
Espero que o teu problema com as fotos se resolva o mais rápido possível.
Bjn
Márcia

KINHA disse...

Olá Mary

Vc já verificou se ainda tem espaço no Picasa?
Deu água na boca estas delícias que vc colocou aqui...hunnnnn...
Um ótimo final de tarde!!!

AMIGA da MODA by Kinha

Carla Oliveira disse...

Cada receita melhor que a anterior. Parabéns.
Com pouco se faz muito, sempre disse a minha Mãe. E com amor e carinho se consegue ter um Natal feliz.
Beijinhos

Felismina disse...

Só coisas boas!

Bjs

Preguiça ;-) disse...

Bem parecido com a minha mesa de natal. Não costumo fazer os sonhos.

Salsa Verde disse...

Tanta maravilha!!!
Beijinhos Mary e feliz 2013,
Lia.

Josy disse...

Nossa Mary quantas delicias, os sonhos, as rabanadas, tudo lembram as festividades do Natal quando estamos juntos a familia. Adorei as fotos. Valeu a pena, pratos realmente bem ao meu gosto. Concordo com vc Mary, as pessoas não ligam para o próximo o ano inteiro, depois chega proximo ao Natal e lembram que a pobreza, a fome existe. Solidariedade tem que existir o ano inteiro. Bjos um Feliz 2013 pra ti e sua familia

artesdaflora disse...

AI amiga quanto coisa boa,hummm obrigada pela partilha e que tenhas uma maravilhoso ano,jinnhoss...

Entre Tachos e Sabores disse...

Este post é um autentica tentação:)

Beijinhos,
Joana

Bombom disse...

Concordo contigo: se "Natal é quando um Homem quiser" (como diz a canção),
os dias de ajudar o Próximo são os 365 que o ano tem. Neste momento preocupa-me muito o número de famílias no desemprego, pelo drama que significa para uma Família.
A vossa mesa estava muito bem apresentada! Quanto trabalho ! Mas até chegou aqui o cheirinho a canela, o xarope das rabanadas com Vinho do Porto (como eu faço), uma delícia! Tal como dizes, num ano de crise faz-se menos quantidades, o que não pode faltar é o Amor da Família. E os presentes, são simbólicos e podem ser feitos por nós durante o ano. O que vale é o carinho entre todos! Bjs. Bombom